Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Produção industrial caiu 7%, estimam analistas

A queda na atividade econômica do País deve ser ratificada com a divulgação dos dados sobre a produção industrial do mês de dezembro de 2008. Os números serão apresentados hoje pelo Instituto Brasileiro de geografia Estatística (IBGE).

Agência Estado |

Na média, analistas do setor acreditam que a indústria nacional apresentou queda de 7% no ritmo de produção em dezembro, em relação ao mês de novembro. O tombo promete ser ainda maior na comparação com os dados de dezembro de 2007. O recuo médio esperado é de 9,8%.


As projeções sombrias dos analistas são feitas sob a avaliação de que o último mês de 2008 deve concentrar os piores reflexos da crise no Brasil. Os primeiros sinais foram observados já em outubro, quando a produção industrial recuou 2,8% em relação ao mês anterior. Em novembro, foi observada uma queda mais expressiva, de 5,20% sobre o mês anterior.

"Essa desaceleração tão intensa de dezembro deve nos levar à sétima recessão em 20 anos ou a décima em 28 anos, dependendo da fonte utilizada", lembra o analista Sérgio Vale, que prevê uma queda de 9,8% na produção de dezembro de 2008 frente a igual mês de 2007.

No Credit Suisse Hedging-Griffo Asset Management, as projeções são de perda de 9,50% em dezembro contra novembro e de 11,50% ante o mesmo mês de 2007. "Todos os indicadores antecedentes de dezembro mostraram queda expressiva na margem, com destaque para a indústria automobilística (-35,00%). Se estivermos corretos, a queda acumulada da produção industrial no quarto trimestre de 2008 atingirá 18,00%, a maior da série histórica", calculou a equipe do banco.

Por conta da da derrapada da indústria no último trimestre, a expectativa de agentes de mercado e de empresários que respondem ao Boletim Focus, sondagem semanal feita pelo Banco Central (BC), é de que a atividade industrial brasileira apresente crescimento de 5,4% em 2008.

Para se ter uma ideia do impacto negativo da crise nos três últimos meses do ano de 2008, o indicador acumulado de produção apresentava, até setembro, expansão de 6,8% quando avaliados os doze últimos meses. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG