Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Produção industrial abre agenda do mês

O mês começa com números relevantes sobre a economia brasileira e americana

Valor Online |

Por aqui, atenção à produção industrial de maio, que deve mostrar recuperação depois da queda de abril. Segundo Máxima Asset, o crescimento deve ser de 0,5%, depois do recuar 0,7% em abril. Ainda na agenda local, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra uma leitura semanal de Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) e também é conhecido o resultado da balança comercial de junho.

Nos Estados Unidos, o destaque fica por conta índice de atividade no setor industrial calculado pelo ISM. O consenso sugere retração para 59 pontos de 59,7 pontos. Os investidores também conhecem os gastos com construção no mês de maio. A previsão aponta para queda de 0,6%, depois de um avanço de 2,7%. Ainda no setor imobiliário, sai o índice de vendas pendentes de imóveis para o mês de maio. Uma forte baixa de 15% está estimada.

E como acontece toda a quinta-feira, o Departamento de Trabalho mostra a demanda semanal por seguro desemprego. A semana acaba com os dados oficiais sobre o mercado de trabalho nos EUA. As previsões oscilam entre perda de 100 mil a 145 mil contratos. Para taxa de desemprego é estimada alta de 9,7% para 9,8%. A sexta-feira também reserva taxa de desemprego na Zona do Euro.

Leia tudo sobre: agendaempregoindicadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG