Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Produção de energia nuclear diminui nos países da OCDE

Paris, 16 jul (EFE).- A produção de energia de origem nuclear diminuiu 3,6% no ano passado em relação a 2006 nos países da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico).

EFE |

Segundo dados divulgados hoje pela Agência de Energia Nuclear (AEN), as usinas nucleares forneceram 21,6% da eletricidade nos 30 países-membros da OCDE em 2007, número menor em relação ao ano anterior, quando foi de 22,9%.

O comunicado diz que as razões podem estar nas reduções da produção na Alemanha, na França e no Japão, assim como no fechamento de instalações na Eslováquia e no Reino Unido que não compensaram os recordes alcançados nos Estados Unidos, na Finlândia e na Hungria.

A AEN destacou que o aumento dos preços do urânio estimulou a prospecção deste mineral e a conseqüência direta foi um aumento de 15% do estoque de recursos conhecidos no mundo.

Os Estados da OCDE são deficitários na produção de urânio natural e por isso precisam importar uma parte do combustível para seus reatores.

Quanto às capacidades de enriquecimento de urânio, em 2007 progrediram graças à construção de duas novas unidades dedicadas a este processo na França e nos EUA. EFE ac/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG