Canberra, 15 - A produção de açúcar demerara da Austrália na safra 2008/09 deve cair 4% para 4,57 milhões de toneladas, ante 4,76 milhões de toneladas na safra anterior, encerrada em junho, informou o Bureau Australiano de Pesquisas Agrícolas e Econômicas (Abare). A estimativa é 6,9% menor que a divulgada em setembro e reflete a queda na área colhida de cana, assim como problemas com pragas e doenças, que afetaram a produtividade.

Se realizada, será a quarta redução consecutiva na produção de açúcar do país. Em 2004/05, cerca de 5,20 milhões de toneladas foram produzidas.

O Abare estima que as exportações da safra 2008/09 deverão atingir 3,34 milhões de toneladas, de 3,42 milhões de toneladas na safra anterior. Os principais destinos do açúcar australiano são nações asiáticas como Japão, Coréia do Sul e Malásia. O instituto de pesquisas estima que os preços globais do açúcar ficarão, em média, em US$ 0,130 por libra-peso, de US$ 0,137 por libra-peso na safra anterior.

A produção mundial em 2008/09 foi estimada pelo Abare em 162,6 milhões de toneladas de açúcar, ante 168,6 milhões de toneladas na safra anterior. O consumo, por sua vez, deve chegar a 165,6 milhões de toneladas, de 162,1 milhões de toneladas em 2007/08. Os estoques mundiais foram previstos em 66,3 milhões de toneladas, ante 69,3 milhões de toneladas no ano anterior. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.