A produção industrial nos 16 países que usam o euro subiu 0,9% em fevereiro, na comparação com janeiro, e avançou 4,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo a agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. Esse foi o maior aumento anual desde o salto de 4,7% registrado em abril de 2008.

A produção industrial nos 16 países que usam o euro subiu 0,9% em fevereiro, na comparação com janeiro, e avançou 4,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo a agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. Esse foi o maior aumento anual desde o salto de 4,7% registrado em abril de 2008. A força do dado surpreendeu o mercado. Economistas previam aumento de 0,2% no mês e de 2,9% no ano.<p><p>A estimativa para a produção industrial em janeiro foi revisada em baixa, para mostrar crescimento de 1,6% ante dezembro e de 1,0% ante janeiro de 2009. Originalmente, a Eurostat havia informado expansão de 1,7% e 1,4%, respectivamente. As três maiores economias da zona do euro não tiveram bom desempenho. A produção industrial da Alemanha caiu 0,1% em fevereiro ante janeiro. Na França e na Itália, a produção industrial ficou estável na mesma base de comparação. Isso significa que o aumento da produção industrial da região foi puxado pela expansão verificada na Irlanda, em Portugal, na Eslovênia e em Luxemburgo. As informações são da Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.