Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Procon-SP: juro bancário cai pelo segundo mês seguido

A taxa média de juros bancários ao consumidor apresentou em fevereiro a segunda queda consecutiva. Durante todo o ano de 2008, a média dos juros bancários havia subido.

Agência Estado |

Dos dez bancos pesquisados neste mês, oito reduziram a taxa para empréstimo pessoal e sete baixaram os juros no caso do cheque especial, segundo a pesquisa mensal da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP).

Na avaliação do Procon-SP, embora os cortes não tenham sido expressivos, eles evidenciam uma tendência de mercado, em resposta à redução dos juros básicos (taxa Selic) pelo Banco Central. O Procon-SP considerou as taxas praticadas nos dias 3 e 4 de fevereiro pelo Banco do Brasil (BB), Bradesco, Caixa Econômica Federal (CEF), HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander e Unibanco. Para fazer a pesquisa, o Procon estipulou um período contratual de 12 meses. Os dados coletados referem-se a taxas máximas prefixadas para clientes não preferenciais. No caso do cheque especial, foi considerado o período de 30 dias.

O juro médio para empréstimo pessoal ficou em 5,89% ao mês, 0,12 ponto porcentual inferior ao de janeiro, quando era de 6,01% ao mês. A instituição com a maior taxa para essa linha de crédito é o Real (7,35% ao mês), enquanto a CEF apresenta a mais baixa (4,39% ao mês).

No caso do cheque especial, a média do juro ficou em 9,18% ao mês em fevereiro, uma queda de 0,07 ponto na comparação com o mês anterior (9,25% ao mês). Para essa modalidade, a maior taxa é a praticada pelo Safra (12,30% ao mês), e a menor, pela CEF (7,35%).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG