Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Procafé: clima favorece incidência de doenças em cafezais em MG

Belo Horizonte, 03 - As chuvas registradas no mês de janeiro no sul de Minas Gerais ficaram pouco abaixo da média histórica para o período e atingiram 262,6 milímetros, de acordo com o boletim da Estação de Avisos da Fundação Procafé, localizada em Varginha. Em janeiro, conforme o boletim, a temperatura abaixo da média histórica (que atingiu 21,3 graus em Varginha), associada à alta umidade, favoreceu a incidência de doenças na cultura.

Agência Estado |

O sul de Minas é a principal região produtora de café do País.

A mesma situação foi verificada nos municípios de Carmo de Minas e Boa Esperança, também no sul do Estado. Apesar disso, os técnicos da Fundação apontaram armazenamento de água satisfatório no município, o que dispensaria a suplementação por meio de irrigação.

Em Varginha, o índice de infecção médio por ferrugem passou de 25,6% para 34%. A recomendação dos técnicos é a utilização da dosagem máxima de produtos foliares nas lavouras com infecção acima de 10%. Além disso, os agrônomos aconselharam iniciar o controle de Cercóspora, cujo índice de infecção média chegou a 3,1% em janeiro, além de monitorar a ocorrência de broca, priorizando as últimas lavouras colhidas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG