SÃO PAULO - O maior investidor individual do Citigroup, o príncipe saudita Alwaleed bin Talal, anunciou nessa quinta-feira que vai aumentar sua participação no banco norte-americano de menos de 4% para 5%. Alwaleed afirmou que as ações da instituição financeira estão extremamente subvalorizadas.

O valor de mercado do Citigroup era de US$ 34,9 bilhões, no fechamento da última quarta-feira. Com base nesse valor, os investimentos que do príncipe podem chegar a US$ 349 milhões.

"Dou total apoio à administração do Citigroup", afirmou o investidor. Ele disse ainda que o banco norte-americano está tomando todas as providências necessárias para posicionar a companhia face aos desafios da indústria bancária e da economia global.

O voto de confiança de Alwaleed veio depois de o banco perder quase um quarto de seu valor (23%) apenas no pregão de ontem, devido às dúvidas dos investidores com relação aos efeitos das medidas do banco para restabelecer a saúde da instituição. O mercado especula que o corte de 20% dos custos e a dispensa de 52 mil funcionários podem não ser suficientes para recupear o banco. No acumulado do ano até agora, as ações do Citigroup já se desvalorizaram 78%.

(Vanessa Dezem | Valor Online e agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.