Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Previdência reduz projeção para déficit em 2010

O ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, previu hoje que o déficit da Previdência Social neste ano será pelo menos R$ 1 bilhão menor que o esperado no mês passado

AE |

selo

O ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, previu hoje que o déficit da Previdência Social neste ano será pelo menos R$ 1 bilhão menor que o esperado no mês passado. Segundo cálculos do ministério, a necessidade de financiamento em 2010 será de R$ 45,599 bilhões. Gabas enfatizou que o novo número conta ainda com uma tendência de baixa. 

Primeiro, porque no acumulado de 12 meses até julho, o déficit está menor, em R$ 43,6 bilhões. Além disso, a segunda metade do ano, historicamente, apresenta dados mais positivos para a Previdência, em função do aquecimento da economia com a proximidade do Natal. "Podemos inferir que a necessidade de financiamento deste ano pode chegar mais para perto dos R$ 43 bilhões", disse. 

A possibilidade de registrar um déficit mais baixo, apesar do aumento concedido aos aposentados, de 7,72%, é fruto, de acordo com o ministro, da boa situação econômica pela qual o País atravessa. "O crescimento e a formalização do mercado de trabalho foram capazes de absorver esse impacto", avaliou. 

Ele também salientou que 2010 pode vir a fechar com um resultado mais positivo que o de 2009, quando o déficit foi de R$ 43,6 bilhões. Isso porque, a partir deste ano, o ministério passou a registrar superávit dos pagamentos feitos no setor urbano. No acumulado do ano até julho, este superávit está em R$ 4,490 bilhões, um valor 212% maior que o saldo verificado em igual período do ano passado.

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG