Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Previdência deve ter em 2008 déficit menor que o de 2007

O secretário de Políticas de Previdência Social, Helmut Schwarzer, afirmou hoje que se a estimativa de déficit nas contas da previdência social em 2008, de R$ 38 bilhões, for confirmada será o primeiro ano desde 1995 que o déficit previdenciário de um ano será menor que o do ano anterior. Em 2007, o déficit nominal (sem correção pela inflação) foi de R$ 44,8 bilhões.

Agência Estado |

"Essa projeção tem viés de baixa", afirmou o secretário, destacando, entretanto, que apesar disso fez a opção de não alterar a projeção para este ano.

Ele explicou que a projeção do déficit para 2008 está sendo mantida porque há "algumas incertezas" quanto aos próximos dois meses em relação aos gastos com pagamentos de sentenças judiciais (para reajustes de benefícios) e quanto ao grau de recuperação de créditos para a previdência.

Outubro

Ainda segundo o secretário, o déficit de R$ 1,909 bilhão registrado em outubro nas contas da previdência social é o menor saldo negativo mensal dos últimos dois anos. "E a explicação para isso é a mesma que temos apontado que é a correlação entre a tendência de aumento da arrecadação e o controle das despesas", afirmou o secretário.

De acordo com dados divulgados hoje, em outubro, a arrecadação totalizou R$ 13,475 bilhões, alta de 7,3% ante o mesmo mês do ano passado, enquanto as despesas somaram R$ 15,384 bilhões, pequena redução de 0,4% na comparação com o mesmo mês de 2007.

As receitas da previdência continuaram sendo influenciadas pelas contratações de trabalhadores com carteira assinada pelas empresas. Schwarzer ressaltou também que o controle das despesas está sendo resultado da melhor gestão previdenciária, como as novas regras para concessão e renovação dos auxílios-doença. "Essa estabilidade de gastos é bastante significativa", afirmou.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG