Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pressionado, governo da Islândia convoca eleições para maio

O primeiro-ministro islandês, Geir Haarde, convocou nesta sexta-feira eleições antecipadas para 9 de maio, sob uma forte pressão popular, já que a opinião pública exige a renúncia do governo depois do colapso da economia do país, muito afetado pela crise financeira mundial.

AFP |

"O partido e eu mesmo convocamos eleições para 9 de maio", afirmou Haarde em uma entrevista coletiva em Reykjavik.

O mandato do governo, formado por uma coalizão entre o Partido da Independência e o Partido Social-Democrata, chegaria ao fim apenas em 2011.

No entanto, vários políticos dentro da coalizão pediam a antecipação das eleições diante das manifestações de descontentamento popular.

A Islândia, uma pequena ilha de 320.000 habitantes no Atlântico norte, viveu anos de prosperidade graças a uma bolha bancária que explodiu há poucos meses, em consequência da crise financeira internacional.

No início de outubro, o governo se viu obrigado a assumir o controle dos três maiores bancos do país, que não tinham recursos para operar.

A crise provocou um forte aumento do desemprego e acabou com as poupanças de muitos islandeses.

str-Dt/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG