Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Presidente sul-coreano quer que seu país esteja na cúpula financeira mundial

Paris, 22 out (EFE).- O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, quer que seu país esteja na cúpula mundial que revisará o sistema financeiro internacional e que, a princípio, deixaria de fora a Coréia do Sul, já que não faz parte nem do G8 nem das cinco grandes economias emergentes.

EFE |

Lee deu estas declarações em entrevista publicada hoje no jornal francês "Le Figaro", depois que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, considerou no Parlamento Europeu que a cúpula mundial deveria ter a participação dos membros do G8 e do G5.

Se realmente for assim, a Coréia do Sul ficaria de fora desta "grande reforma" que deveria contribuir para a "criação de uma nova situação financeira", nas palavras de Lee.

A Coréia do Sul ocupa a 13ª posição na classificação de países em função de seu Produto Interno Bruto (PIB), com US$ 969,795 bilhões, segundo os dados do Banco Mundial para 2007. EFE jaf/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG