Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Presidente do Lehman quer retirar ações do banco da Bolsa de Valores

O presidente do Lehman Brothers, Richard Fuld, pretende retirar do mercado as ações do grupo, depois da queda histórica de suas cotações na segunda-feira provocada pelas incertezas sobre a solidez financeira da instituição, informou nesta terça-feira o jornal New York Post.

AFP |

Fuld tenta assim proteger o Lehman Brothers contra depredadores, atraídos pela queda do valor do banco.

A ação do Lehman Brothers, afetada pela crise financeira e pelas dúvidas sobre a estabilidade do banco, perdeu 81% de seu valor desde o início do ano, com o que sua capitalização passou de US$ 36,1 bilhões a US$ 6,8 bilhões nesse período.

O Lehman Brothers entrou na Bolsa em maio de 1994, a US$ 16,50 por ação. Segunda-feira, fechou a US$ 12,40.

tu/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG