Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fracassa acordo para salvar banco alemão Hypo

O Hypo Real Estate Holding AG, segundo maior emprestador para compra de propriedade privada na Alemanha, informou que o plano de resgate no valor de US$ 48 bilhões foi colocado de lado. O consórcio de bancos que ajudaria no socorro desistiu da operação.

Agência Estado |

O pacto de estabilidade e crescimento, que fixa os limites de dívida e déficit público que os Estados europeus não devem ultrapassar, "precisa ser respeitado integralmente", disse Juncker após se reunir na capital francesa com os líderes das principais economias do velho continente - França, Grã-Bretanha, Alemanha e Itália.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, presidente em exercício da UE, declarou por sua vez que "a aplicação do pacto de estabilidade e crescimento deve refletir as circunstâncias excepcionais nas quais nos encontramos" devido à crise financeira.

"Isto não quer dizer", continuou Juncker, "que agora deixaremos de aumentar os déficits".

Para o presidente do Eurogrupo, "uma acumulação de déficits e um retorno à espiral do endividamento é, sem dúvida alguma, perigoso, e aumentaria ainda mais o nervosismo".

O pacto de estabilidade e crescimento europeu fixa em 3% do Produto Interno Bruto (PIB) o limite que o déficit não pode superar.

slb/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG