A negociação da mineradora Rio Tinto com um investidor - possivelmente, a Aluminum Corp. of China (Chinalco) - foi o real motivo da renúncia do presidente do conselho da empresa, Jim Leng.

Segundo fontes ouvidas pelo The Wall Street Journal, Leng decidiu sair após tomar conhecimento de "uma solução chinesa" para o grande endividamento de US$ 39 bilhões da companhia. A companhia também cogita uma possível venda de ativos para a japonesa Mitsui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.