SÃO PAULO - A montadora italiana Fiat anunciou hoje a renúncia do presidente do conselho de administração do grupo, Luca Cordero di Montezemolo. O executivo, que ocupa o posto desde 2004, apresentou o pedido na véspera da apresentação do plano de negócios da empresa para o período de 2010 a 2014, alegando que já cumpriu a missão a ele designada.

SÃO PAULO - A montadora italiana Fiat anunciou hoje a renúncia do presidente do conselho de administração do grupo, Luca Cordero di Montezemolo. O executivo, que ocupa o posto desde 2004, apresentou o pedido na véspera da apresentação do plano de negócios da empresa para o período de 2010 a 2014, alegando que já cumpriu a missão a ele designada. Montezemolo, no entanto, permanecerá como integrante do conselho de administração da Fiat, além de seguir como presidente da Ferrari. Em declarações do próprio Montezemolo a jornalistas em Turim, o vice-presidente do grupo, John Elkann, deverá substituí-lo. A renúncia, informa a Fiat, será oficializada ainda hoje em entrevista coletiva à imprensa, onde também estará presente, além de Elkann, o presidente-executivo da montadora, Sergio Marchionne. (Eduardo Laguna | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.