Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Presidente do BM prevê para 2009 primeira retração do comércio desde 1982

São Paulo, 8 nov (EFE) - O Banco Mundial (BM) prevê para 2009 a primeira retração do comércio global desde 1982 em decorrência da crise internacional, afirmou hoje em São Paulo o presidente do organismo, Robert Zoellick. Após participar do primeiro dia de debate da reunião de ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do Grupo dos Vinte (G20), Zoellick afirmou em entrevista coletiva que os países em desenvolvimento estão recebendo o impacto de uma situação pouco comum. Há uma impressionante retração do comércio, a pior nos últimos 27 anos, afirmou. Ele acrescentou que o mundo tem problemas de liquidez. Há uma lacuna no crédito, disse.

EFE |

Para reduzir esse impacto, o BM pretende liberar US$ 1,5 bilhão nos próximos dias, ressaltou.

A queda do comércio e a diminuição do crédito não serão as únicas conseqüências da crise, pois "o processo de ajuste (que os Governos terão que fazer) significará redução de empregos em muitos países", afirmou.

Zoellick destacou que o encontro de São Paulo, antes da cúpula presidencial do G20 em Washington, "permitirá estabelecer um sistema multilateral mais forte". EFE wgm/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG