Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Presidente do BCE acredita que 2010 será o ano da recuperação

Paris, 19 jan (EFE).- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, afirmou hoje que considera 2010 como o ano da recuperação, embora tenha previsto que 2009 será muito difícil.

EFE |

"Após ter subestimado os riscos em 2008 e 2009, seria talvez um grave erro para os atores privados voltar a cometer a mesmo falha no médio prazo", declarou Trichet em um colóquio realizado em Paris pela entidade francesa de créditos à exportação Coface.

O presidente do BCE ressaltou também a importância da "confiança", que descreveu como o ingrediente mais valorizado atualmente, e o que mais se torna escasso.

Ele apoiou tal confiança na economia internacional em pilares como a reação das autoridades públicas, o potencial de crescimento das grandes economias emergentes, a aceleração do progresso tecnológico e a queda do preço do petróleo.

Trichet qualificou também o sistema financeiro atual de excessivamente frágil e afirmou que é necessário acometer reformas ambiciosas para reforçar consideravelmente a resistência aos choques da economia de mercado global.

Em seu discurso, Trichet criticou também a opacidade e complexidade dos produtos financeiros e pediu que se ponha fim à busca do rendimento a curto prazo no setor financeiro.

Essa atitude tende a encorajar à tomada de riscos excessivos e pode criar "incitações perversas em todos os níveis no seio de uma instituição financeira". EFE jaf/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG