Washington, 9 out (EFE).- O presidente do Banco Mundial (BM), Robert Zoellick, lançou um alerta hoje sobre possíveis emergências bancárias no mundo em desenvolvimento e crise nas balanças de pagamentos à medida que a atual crise financeira avance.

"A deterioração nas condições financeiras, combinada com um endurecimento monetário, provocará a quebra de empresas e possivelmente emergências bancárias", declarou o dirigente do BM em entrevista coletiva antes da assembléia anual da entidade e do Fundo Monetário Internacional (FMI). EFE tb/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.