Tamanho do texto

Lisboa, 11 out (EFE).- O presidente de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, defendeu hoje a cooperação internacional para fazer frente à atual crise financeira, depois de se reunir, em Lisboa, com uma representação de líderes das principais empresas brasileiras.

Cavaco Silva disse que nenhum país tem capacidade para sozinho superar a crise, e que esta já é sentida na "economia real" dos portugueses.

"É necessária uma cooperação intensa para enfrentar a atual crise e preparar o futuro sistema financeiro", disse o chefe de Estado português, que se referiu também ao novo papel que deverão ter os reguladores do sistema bancário.

Cavaco Silva ressaltou também o desafio de ajudar as vítimas da crise, especialmente as que perderão seus empregos e as famílias que vêem subir a taxa de juros de seus empréstimos bancários. EFE arm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.