Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Presidente de empresa japonesa decide trabalhar de graça por causa da crise

O presidente de uma fabricante japonesa de semicondutores trabalhará de graça, um gesto simbólico para ajudar a empresa a superar suas dificuldades financeiras causadas pela queda da demanda mundial, anunciou nesta segunda-feira a empresa.

AFP |

O presidente da Elpida Memory, Yukio Sakamoto, não receberá seu salário em novembro e dezembro. Nos meses seguintes sua remuneração será reduzida pela metade, até que a Elpida Memory volte a ter lucro, indicou uma porta-voz do grupo.

"Quer mostrar aos acionistas sua forte determinação em recuperar a empresa", explicou a porta-voz Kumi Higuchi.

A Elpida Memory é uma das principais produtoras mundiais de memórias DRAM (Dynamic Random Access Memory), usadas em vários aparelhos eletrônicos.

oh/dm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG