BOSTON/BANGALORE (Reuters) - O presidente-executivo da General Electric, Jeff Immelt, abriu mão de seu direito de receber um bônus relativo a 2008 diante da queda do lucro e do preço da ação do conglomerado. Mas o chefe da maior fabricante de turbinas de aviões e de geração de eletricidade informou que é importante para a GE ser capaz de pagar seus principais executivos de maneira justa e razoável.

Em comunicado, a GE informou que a bonificação de Immelt relativa a 2008 era de 14,1 milhões de dólares ante 19,6 milhões de dólares em 2007.

A companhia informou que o executivo recusou receber 11,7 milhões de dólares como prêmio relativo a performance de longo prazo.

A companhia publicou uma queda de 44 por cento no lucro do quarto trimestre, afetada principalmente por fraqueza na divisão de finanças GE Capital.

(Por Scott Malone em Boston e redação Bangalore)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.