O presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, pediu nesta quinta-feira, em Pequim, o apoio da China e do resto da Ásia para combater a crise financeira, na véspera de uma cúpula que reunirá 43 chefes de Estado e de governo de ambos continentes.

"Necessitamos da Ásia e particularmente de países como China, Índia e Japão", declarou Durão Barroso numa coletiva de imprenda um dia antes da abertura da cúpula Ásia-Europa (Asem).

"Ou nadamos juntos ou afundamos juntos", afirmou o presidente, enfatizando que a comunidade internacional enfrenta neste momento "desafios que não respeitam as fronteiras".

ph-frb/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.