BRASÍLIA - O presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia, disse hoje que pretende levar a votação em plenário a proposta de emenda à Constituição que trata da reforma tributária antes do recesso parlamentar, que começa no dia 17 de julho.

O parecer está quase pronto na Comissão Especial, mas a votação depende de acordo com os líderes. Se produzirmos um acordo, poderá ser votado.

Sobre o último destaque da proposta que cria a Contribuição Social para a Saúde (CSS), Chinaglia admitiu que pode ser votado somente em agosto. Para compor um acordo, se for necessário, podemos deixar para agosto esse destaque . Acho que devemos trabalhar com essa possibilidade, comentou.

A criação da CSS faz parte da regulamentação da Emenda 29, que prevê mais recursos para a saúde.

(Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.