Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Presidente chinês vê país vulnerável

SÃO PAULO - O presidente chinês, Hu Jintao, alertou que a competitividade de seu país está ameaçada por uma decadência prolongada da economia global, pondo à prova o domínio do Partido Comunista. Hu fez o alerta no sábado em uma reunião do Politburo, o conselho de elite de 25 membros do partido, que tratou dos desafios que a China enfrenta à medida que as exportações diminuem e forçam as empresas a dispensar trabalhadores.

Valor Online |

As duras palavras do presidente indicam que a China não vê um final próximo para a situação, que esta semana levou um grupo de especialistas do governo a prever que o crescimento anual vai diminuir para oito por cento neste trimestre, ante nove por cento do terceiro trimestre, chegando perto dos sete por cento vistos pelas autoridades como o mínimo para manter a estabilidade social.

" No período que se inicia, vamos combater frontalmente os efeitos do aprofundamento prolongado da crise financeira internacional e da pressão diante da desaceleração clara do crescimento econômico " , disse Hu aos altos funcionários. A desaceleração está " exercendo pressão para enfraquecer as vantagens competitivas tradicionais de nosso país " , disse.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG