SÃO PAULO - Atendendo a convite do presidente americano Barack Obama, o dirigente chinês Hu Jintao deixou seu país para participar do encontro sobre segurança nuclear que ocorre hoje e amanhã em Washington. Segundo a agência de notícias chinesa Xinhua, Hu deve apresentar um discurso sobre a importância da segurança nuclear e explicar a política da China sobre o tema. Ele também deve conversar com Obama.

SÃO PAULO - Atendendo a convite do presidente americano Barack Obama, o dirigente chinês Hu Jintao deixou seu país para participar do encontro sobre segurança nuclear que ocorre hoje e amanhã em Washington. Segundo a agência de notícias chinesa Xinhua, Hu deve apresentar um discurso sobre a importância da segurança nuclear e explicar a política da China sobre o tema. Ele também deve conversar com Obama. Estão confirmadas as presenças de líderes ou representantes de 46 país, da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), da União Europeia e de outras organizações internacionais. Depois do encontro em Washington, Hu Jintao vem ao Brasil para tomar parte de reunião dos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China), marcado para os dias 15 e 16. A expectativa é de que essa conversa, conforme a Xinhua, aborde a necessidade de mudanças nas instituições globais, incluindo o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial, e uma atualização da regulamentação dos mercados financeiros para evitar outra crise. (Juliana Cardoso | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.