Buenos Aires, 11 set (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, qualificou como uma demonstração de confiança o anúncio feito hoje pela Gerdau, que investirá US$ 524 milhões no país.

"Uma das 14 maiores siderúrgicas do mundo vem criar outra fábrica em nosso país", disse a governante, depois de receber na Casa de Governo diretores da empresa brasileira.

Após detalhar que "a metade" do investimento "vai acontecer nos próximos dois anos", considerou que o anúncio "é mais uma demonstração de confiança em um modelo de desenvolvimento, como o que está sendo levado adiante".

Em comunicado enviado hoje à Bolsa de Valores de São Paulo, o grupo precisou que o projeto permitirá aumentar em quatro vezes a atual capacidade de produção de laminados e produzir anualmente até 1,1 toneladas de aço bruto para a Sipar Gerdau, subsidiária da siderúrgica com sede na cidade argentina de Rosário.

A siderúrgica possui unidades em onze países do continente e prevê que a iniciativa que iniciará na Argentina gerará cerca de mil postos de trabalho durante a construção e cerca de 3 mil quando as instalações estiverem em operação.

O encontro com a chefe de Estado argentina conta com a participação do presidente do grupo, André Gerdau Johannpeter, além do ministro da Economia da Argentina, Carlos Fernández, e do secretário da Indústria, Fernando Fraguio, informaram fontes oficiais. EFE hd/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.