Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preocupação com Hungria mantém bolsas da Europa em queda

SÃO PAULO - As bolsas europeias operam em queda nesta segunda-feira, ainda refletindo a preocupação com a situação da dívida da Hungria e dados negativos da economia americana. Em Londres, o índice FTSE-100 recuava 0,51%, para 5.099,99 pontos.

Valor Online |

Na bolsa de Paris, o CAC-40 tinha queda de 0,64%, aos 3.433,65 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX registrava desvalorização de 0,30%, aos 5.921,09 pontos. Em Madrid, o Ibex-35 declinava 0,40%, ficando em 8.887,90 pontos. No mercado, permanece o temor de que a Hungria venha a seguir o mesmo caminho da Grécia. Na sexta-feira, o governo húngaro veio a público ressaltar que está pronto para agir e evitar que isso aconteça. A expectativa é de que ainda hoje seja divulgado um programa para impedir o agravamento do déficit público do país. O pacote de medidas deve incluir uma reforma tributária, ações de incentivo à economia e redução da burocracia. O clima de insegurança foi reforçado pela geração de empregos nos Estados Unidos em maio menor do que o esperado. Na sexta-feira passada, o governo americano informou que foram criadas 431 mil novas vagas no país, enquanto alguns economistas previam uma leitura de 500 mil postos abertos. Diante de tal cenário, os dados positivos da economia da Alemanha, divulgados nesta manhã, não tiveram força para levantar o mercado. O número de pedidos à indústria alemã aumentou 2,8% em abril ante março, segundo dados do Ministério da Economia do país. As encomendas domésticas subiram 2,9% em abril, enquanto as externas tiveram ampliação de 2,8%. O governo da Alemanha também informou que o número de encomendas à indústria de março foi ligeiramente revisado para cima, passando a ter alta de 5,1%, ante a estimativa inicial de 5%. (Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG