Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Premiê indiano pede que empresários japoneses invistam mais na Índia

Tóquio, 22 out (EFE).- O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, pediu hoje que os empresários japoneses invistam mais na Índia, durante seu primeiro dia oficial de visita ao Japão, que incluiu um encontro com o chefe do Governo japonês, Taro Aso, informou a agência Kyodo.

EFE |

Singh, que iniciou com o ministro de Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, a rodada de reuniões do dia, tentou oferecer confiança no crescimento econômico de seu país, apesar da crise financeira.

"Damos as boas-vindas ao investimento japonês, em nossos esforços para construir uma nova e dinâmica Índia", disse Singh, em reunião com empresários.

A Índia registrou crescimento anual no nível de 9% nos últimos quatro anos, mas, segundo Singh, embora seja provável que este ritmo cairá este ano por causa da crise, seu país recuperará esse ritmo após voltar a normalidade no ambiente econômico global.

O líder indiano também mostrou sua esperança de que Índia e Japão fechem o mais rápido possível a assinatura de um tratado de livre-comércio.

O Japão e a Índia esperavam anunciar um acordo de associação econômica durante a visita de Singh, mas não conseguiram aproximar posições no assunto das barreiras ao comércio durante o fim de semana passado.

No entanto, Singh já expressou sua esperança de que as diferenças poderão ser limadas antes do final deste ano. EFE fab/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG