SÃO PAULO - O primeiro-ministro britânico Gordon Brown confirmou nesta terça-feira que as eleições gerais no Reino Unido vão ocorrer em 6 de maio. Após reunir-se com seu gabinete, ele se dirigiu ao Palácio de Buckingham para pedir à rainha Elizabeth II a dissolução do Parlamento.

SÃO PAULO - O primeiro-ministro britânico Gordon Brown confirmou nesta terça-feira que as eleições gerais no Reino Unido vão ocorrer em 6 de maio. Após reunir-se com seu gabinete, ele se dirigiu ao Palácio de Buckingham para pedir à rainha Elizabeth II a dissolução do Parlamento. As principais pesquisas de opinião mostram que o Partido Conservador tem vantagem. A diferença sobre os trabalhistas, que varia de 4 pontos a 10 pontos percentuais, é considerada como muito estreita e volátil para ser um indicador confiável do desfecho do pleito, destacou o jornal New York Times. Brown colocou a economia no centro de sua campanha e pediu aos eleitores que não arrisquem a recuperação ao votar nos conservadores. Por sua vez, David Cameron, líder dos conservadores, comemorou o início da campanha eleitoral e prometeu ter energia para colocar o país de novo em movimento. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.