Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Premiê do Japão anuncia medidas anticrise, mas investidor não se anima

SÃO PAULO - O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, anunciou novas medidas para apoiar o combalido mercado acionário do país, incluindo um fundo maior para resgatar bancos que acabarem vítimas dos problemas no setor de crédito.

Valor Online |

O premiê avisou que o Japão pode apertar a regulamentação referente à venda a descoberto de ações e relaxar as restrições sobre a participação acionária dos bancos.

Sem dar muitos detalhes, Aso sugeriu que o governo pretende ampliar o fundo destinado a auxiliar instituições financeiras em situação difícil, hoje planejado em 2 trilhões de ienes (US$ 21,2 bilhões).

As novas iniciativas não conseguiram, contudo, animar os investidores e o indicador Nikkei 225, da Bolsa de Tóquio, caiu mais de 6% nesta sessão, para um nível não observado desde 1982.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG