Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços do petróleo recuam mais de US$ 6 com alta do dólar

SÃO PAULO - Os preços futuros de petróleo caíram fortemente hoje no mercado internacional, em movimento contrário ao do último pregão. Assim como ontem, a trajetória da commodity foi mais uma vez conduzida pela variação do dólar. A moeda americana voltou a se apreciar em relação ao euro e outras divisas, o que levou a cotação do petróleo a retroceder.

Valor Online |

O contrato de WTI negociado para o mês de outubro fechou com queda de US$ 6,59, para US$ 114.59. O vencimento para o mês seguinte encerrou a US$ 115,14, com recuo de US$ 6.58. Em Londres, o barril de Brent para outubro caiu US$ 6,24, para US$ 113,92. O contrato para novembro encerrou valendo US$ 115,17, com desvalorização de US$ 6,30.

A valorização da moeda americana tem sido a principal variável para o comportamento do barril de óleo cru, que é cotado em dólares. Os grandes investidores, que buscam ganhos e proteção no mercado de commodities quando a divisa está em baixa, acabam invertendo o rumo quando o dólar ganha valor frente ao euro.

Além do fator financeiro, os agentes também levaram em consideração a redução dos riscos geopolíticos envolvendo a Rússia e a Geórgia. Reportagens informaram hoje que o governo russo está finalizando a retirada de suas tropas na Geórgia. A tensão entre os dois países vinha alimentando cautela sobre a oferta de petróleo, pois a Rússia é o segundo maior produtor de cru do mundo.

Também foi considerado favorável o fato de o oleoduto BTC, por onde passa o óleo vindo do Azerbaijão para a costa do Mediterrâneo, ter voltado a operar, segundo informações do governo turco. O duto estava interditado para reparos devido a um incêndio.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG