Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços do petróleo operam com valorização em Nova York e Londres

SÃO PAULO - Suspeitas de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) promoverá um novo corte de produção sustentam a valorização dos preços futuros de petróleo nesta jornada. Além disso, os mercados de um modo geral operam em expectativa positiva em relação aos planos do presidente americano Barack Obama para recuperar a economia dos EUA.

Valor Online |

O contrato de WTI negociado para o mês de março em Nova York registra neste momento alta de US$ 1,09, para US$ 41,93. O vencimento para o mês seguinte opera com valorização de US$ 0,39, para US$ 44,64. Em Londres, o barril de Brent para março sobe US$ 0,14, para US$ 43,76, e o vencimento de abril é vendido a US$ 45,46, com aumento de US$ 0,03.

Ainda pela manhã, os preços chegaram a cair diante de novas apostas de aumento dos estoques americanos de petróleo e derivados. O relatório semanal, tradicionalmente publicado às quartas-feiras, será conhecido apenas amanhã, devido ao feriado de segunda-feira, quando foi comemorado o Dia de Martin Luther King Jr..

Depois da posse de Obama, ontem, os agentes esperam as primeiras iniciativas do governo em meio à pior crise econômica já enfrentada nas últimas décadas. Com novos sinais de dificuldades no setor bancário, a expectativa do mercado é de que os resgates ao setor sejam ampliados, a fim de evitar estragos maiores na economia.

Pelo lado da produção, o mercado volta a comentar a possibilidade de a Opep reduzir mais uma vez a cota de produção dos países membros, devido ao forte desequilíbrio entre oferta e demanda gerado pela crise global. Com previsões de consumo menores para este ano, o novo presidente da entidade, Botelho de Vasconcelos, afirmou ontem que o cartel vem pressionando pela diminuição da produção.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG