SÃO PAULO - Os contratos futuros de petróleo inverteram o rumo de baixa verificado até há pouco e registram agora alta relevante. Os agentes ponderam que os cortes de produção que estão sendo implementados pelos países membros da Organização dos Países Exportadores do Petróleo (Opep) devem dar mais equilíbrio às condições de estoque.

O contrato de WTI negociado em Nova York para o mês de marco sobe US$ 2,01, para US$ 45,68. O vencimento para abril é vendido a US$ 47,01, com aumento de US$ 2,08. Em Londres, o barril e Brent para março sobe US$ 2,27, para US$ 47,66, e o vencimento para o mês seguinte é cotado a US$ 49,90, com valorização de US$ 2,25.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.