Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços do petróleo fecham com forte queda por perda de força do Gustav

SÃO PAULO - Os preços do petróleo caíram mais de US$ 4 por barril nesta jornada, em reação ao arrefecimento do furacão Gustav, que passou pelo Golfo do México com violência, mas perdeu força ao tocar os Estados Unidos hoje, sendo reclassificado de nível 2 para nível 1 em uma escala de 1 a 5.

Valor Online |

Com o feriado do Dia do Trabalho nos Estados Unidos, apenas o pregão de Londres funcionou normalmente. O barril de Brent para o próximo mês fechou cotado a US$ 109,41, com queda de US$ 4,64. O vencimento para novembro declinou US$ 4,57, para US$ 110,81. De qualquer modo, os negócios no mercado eletrônico da Bolsa Mercantil Nova York também apontaram recuo de mais de US$ 4 nos contratos mais líquidos da commodity.

O Gustav tocou o território americano nas proximidades da cidade de Cocodrie ainda na categoria 2 em uma escala até 5 e foi rebaixado ao longo do dia para categoria 1.

Como consequência, os preços do barril despencaram, já que as previsões eram bem mais pessimistas em torno desse furacão, com estimativas de que ele chegasse à categoria 4, como o Katrina, que deixou 80% de Nova Orleans inundada e matou mais de 1,6 mil pessoas na costa do Golfo em 2005.

Naquele episódio, a estrutura petrolífera do Golfo do México foi bastante afetada e deu forte impulso para as cotações do óleo cru e derivados. A cautela em torno do Gustav fez com que cidades ameaçadas fossem evacuadas e as companhias locais fechassem a maior parte das operações.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG