Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços do petróleo diminuem; investidores avaliam questão da demanda

SÃO PAULO - Os preços do petróleo declinam nesta tarde. Os agentes acompanham o quadro das eleições para a presidência dos Estados Unidos e estão atentos à questão da demanda, que deve continuar caindo uma vez que a economia mundial perde dinamismo.

Valor Online |

O presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Chakib Khelil, comentou que a estabilidade dos preços do petróleo depende do compromisso dos integrantes do cartel de reduzir sua produção conforme o acordado no encontro emergencial realizado em outubro.

"Os participantes (da Opep) não têm outra escolha se quiserem preços estáveis entre US$ 70 e US$ 90. Eles não têm outra escolha a não ser diminuir suas produções", declarou.

No dia 24 do mês passado, a organização decidiu cortar a produção em 1,5 milhão de barris diários a fim de tentar evitar uma queda mais acentuada das cotações do petróleo.

No fim de semana, o ministro do Petróleo do Irã, Gholam-Hossein Nozari, comunicou que seu país diminuiu a produção petrolífera em 199 mil barris por dia.

Minutos atrás em Nova York, o WTI para dezembro perdia US$ 2,21, cotado a US$ 65,60, e o vencimento de janeiro de 2009 caía US$ 2,48, para US$ 66.

Em Londres, o Brent para dezembro de 2008 cedia US$ 2,41, a US$ 62,91. O contrato de janeiro do próximo ano estava a US$ 64,84, com baixa de US$ 2,31.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG