Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços do petróleo declinam US$ 4,5 em Nova York

SÃO PAULO - Os agentes nos mercados de petróleo seguem inquietos com a questão da demanda. Preocupam os participantes nessas praças o enfraquecimento econômico mundial e a redução no consumo de produtos energéticos.

Valor Online |

Assim, os investidores permanecem atentos a indicadores sobre a situação da economia e a relatórios referentes à demanda de petróleo e derivados.

A Agência Internacional de Energia (AIE) prevê que o preço do petróleo ficará ao redor de US$ 100 até 2015 para depois avançar para mais de US$ 200 em 2030. Assim, o organismo acredita que a cotação média do produto estará em cerca de US$ 100 nos próximos sete anos antes de apresentar uma forte elevação.

A agência acredita que haverá petróleo suficiente por décadas, mas alertou que a prosperidade global e o estado do planeta exigem uma mudança radical na produção e uso da energia.

Minutos atrás, em Nova York, o WTI para dezembro deste ano estava a US$ 60,73, com queda de US$ 4,57. O vencimento de janeiro de 2009 era transacionado a US$ 61,50, com recuo de US$ 4,51.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG