Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os preços do petróleo mantêm trajetória de queda nesta tarde. Os agentes acompanham as avaliações das empresas sobre o possível impacto do furacão Gustav em suas instalações no Golfo do México.

Na análise da Royal Dutch Shell e ConocoPhillips, o furacão não causou estragos às plataformas na região do Golfo. A Exxon informou da volta de alguns trabalhadores para determinadas plataformas em alto-mar.

Os agentes devem monitoraram outras três tempestades que se formaram no Atlântico - Hanna, Ike e Josephine. Até o momento, não há indícios de que essas tempestades possam dirigir-se para o Golfo do México.

Merece consideração ainda o fortalecimento do dólar frente a outras moedas.

Há pouco em Londres, o Brent para outubro tinha baixa de US$ 1,35, a US$ 106,99. O contrato de novembro estava a US$ 108,38, com diminuição de US$ 1,45.

Em Nova York, o WTI para outubro perdia US$ 1,82, a US$ 107,89. O vencimento de novembro diminuía US$ 1,86, cotado a US$ 108,44.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.