SÃO PAULO - Os preços do petróleo registravam declínio nesta tarde. Os agentes estudam o relatório de energia dos Estados Unidos e consideram a relação oferta e demanda.

No documento do governo americano, consta uma queda de 400 mil barris nos níveis de cru na semana passada, contrariando as expectativas de muitos agentes, de alta.

Também foi apresentada uma redução de 1,6 milhão de barris nos estoques de gasolina e de 1,7 milhão de barris nas marcas de destilados. Para ambos, a projeção era de elevação.

Instantes atrás, em Londres, o Brent para o primeiro mês de 2009 recuava US$ 0,34, a US$ 45,10. O vencimento de fevereiro estava a US$ 47,32, com baixa de US$ 0,32.

Em Nova York, o WTI com entrega em janeiro de 2009 perdia US$ 0,46, a US$ 46,50. O contrato de fevereiro destoava - registrava elevação de US$ 0,12, para US$ 48,55.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.