Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços do petróleo apontam alta após seis dias de baixa

SÃO PAULO - Depois de seis pregões seguidos de desvalorização, os contratos futuros de petróleo operam com alta de preço nesta terça-feira. O movimento de ajuste à forte depreciação dos últimos dias é atribuído à decisão da Arábia Saudita de fazer um profundo corte de produção.

Valor Online |

Instantes atrás, o contrato de WTI negociado para o mês de fevereiro indicava valorização de US$ 0,77, para US$ 38,36. O vencimento para o mês seguinte é cotado a US$ 44,84, com alta de US$ 1,19. Em Londres, o barril de Brent para o próximo mês é negociado a US$ 44,68, com aumento de US$ 1,77. O vencimento para março avança US$ 1,72, para US$ 47,24.

De acordo com declarações do ministro saudita Ali al-Naimi, atualmente o país produz 8 milhões de barris diários, em linha com o corte definido em dezembro pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Naimi diz, no entanto, que em fevereiro vai reduzir a cota do país para níveis ainda menores.

O mercado pondera que, com uma oferta menor por parte do principal produtor do cartel, o produto retome um nível de equilíbrio. Essa avaliação, no entanto, pode não resistir às insistentes notícias de baixo consumo devido à desaceleração econômica global.

Amanhã o Departamento de Energia dos EUA divulga mais um levantamento semanal de estoques de óleo cru e derivados no país. Na semana passada, o aumento expressivo das reservas justificou forte desvalorização da commodity.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG