Tamanho do texto

Os preços das casas nos Estados Unidos registraram uma nova queda recorde em setembro, caindo 17,4% em um ano, segundo o índice S&P/Case Shiller, que mede os preços nas 20 maiores cidades americanas e que foi publicado nesta terça-feira.

O índice dos preços nas 10 maiores metrópoles do país também registrou uma queda inédita, de 18,6% em um ano.

De um mês para o outro, os preços recuaram 1,8% nas 20 maiores cidades e 1,9% nas 10 maiores metrópoles.

Além disso, o índice nacional do preço das casas, calculado a cada três meses, caiu 16,6% em relação ao terceiro trimestre de 2007.

"A agitação dos mercados financeiros aumentou a pressão sobre um mercado imobiliário já enfraquecido", comentou David Blitzer, presidente do comitê que publica o índice na S&P.

"Treze das 20 zonas metropolitanas registraram novas quedas recordes", destacou.

Entre as cidades mais atingidas por esta queda estão duas no sul do país: Phoenix (-31,9%) e Las Vegas (-31,3%). A terceira colocada deste ranking é a cidade de San Francisco, na Califórnia (-29,5%).

Vêm em seguida Miami (-28,4%) e as duas outras grandes cidades californianas, Los Angeles (-27,6%) e San Diego (-26,3%).

Ao contrário, as cidades menos afetadas por esta queda dos preços são Dallas (-2,7%) e Charlotte (-3,5%).

Como a situação econômica se agravou ainda mais, "os números do índice Case Shiller devem piorar", alertou Patrick Newport, economista da Global Insight.

A Associação Nacional dos Agentes Imobiliários (NAR) informou segunda-feira que o preço médio das casas usadas à venda caiu 11,3% em outubro (ritmo anual), para 183.000 dólares.

maj/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.