O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,6% em março, em comparação com fevereiro, segundo informou hoje a agência de estatísticas europeia, a Eurostat. Houve um aumento de 0,9% em relação a março do ano passado.

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,6% em março, em comparação com fevereiro, segundo informou hoje a agência de estatísticas europeia, a Eurostat. Houve um aumento de 0,9% em relação a março do ano passado. Este foi o sexto mês consecutivo de alta e o aumento anual foi o maior desde dezembro de 2008.

Os números ficaram em linha com as estimativas dos economistas, que previam aumento de 0,7% no PPI em março ante fevereiro e de 0,9% ante março de 2009. Em fevereiro, o PPI havia subido 0,1% ante janeiro e caído 0,4% em relação a fevereiro de 2009, de acordo com os dados revisados.

Os preços da energia subiram 1,7% em março, em comparação com o aumento de 0,2% em fevereiro, enquanto no ano o avanço foi de 2,8%. Esta foi a maior alta anual desde novembro de 2008. Excluindo os custos com construção e energia, o PPI da zona do euro subiu 0,3% em março ante fevereiro e 0,1% ante março de 2009 - a primeira alta anual desde dezembro de 2008. Em fevereiro, o PPI excluindo custos com construção e energia aumentaram 0,1% no mês e caíram 0,5% no ano.

De acordo com a Eurostat, os preços dos bens intermediários subiram 0,6% no mês em março e 0,8% no ano, enquanto os preços dos bens não duráveis caíram 0,1% e 0,5%, respectivamente. Os preços dos bens duráveis aumentaram 0,3% ante fevereiro e 0,1% ante março de 2009, já os preços dos bens de capital ficaram estáveis no mês e declinaram 0,5% no ano em março. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.