Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preços agropecuários em SP sobem 3,55%, divulga IEA

São Paulo, 25 - Os preços recebidos pelos produtores rurais paulistas subiram 3,55% na terceira quadrissemana de julho, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. Os cálculos feitos pelo IEA para o Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) mostram alta de 5,63% para o indicador de preços dos produtos de origem animal (IqPR-A) e de 2,71% para os de origem vegetal (IqPR-V).

Agência Estado |

Os produtos que registraram maiores altas foram tomate para mesa (30,37%), laranja para indústria (22,78%), milho (12,59%), soja (10,50%), carne de frango (8,71%), carne suína (6,16%) e leite tipo C (5,68%).

As baixas temperaturas e a falta de chuvas influenciaram as cotações do tomate, o que reduziu a oferta. A alta de preços da laranja é atribuída pelos técnicos do IEA a estiagem que prejudicou a florada no segundo semestre de 2007 e afetou a produtividade das variedades precoces que estão sendo colhidas agora.

Os produtos que apresentaram queda de preços na terceira quadrissemana de julho foram trigo (6,37%), batata (3,59%), laranja para mesa (3,25%) e amendoim (2,63%). Para o trigo, a redução dos preços internacionais contribuiu para a queda nas cotações do mercado interno.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG