Rio de Janeiro, 09 - Os preços dos produtos agrícolas no atacado tiveram queda de 0,36% em fevereiro, ante alta de 2,07% em janeiro, no âmbito do Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI). A informação foi divulgada hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Já os preços dos produtos industriais no atacado caíram 0,29% no mês passado, em comparação com a deflação de 1,16% em janeiro.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais apresentaram taxa positiva de 0,85% em fevereiro, em comparação com a elevação de 0,28% em janeiro. Por sua vez, os preços dos bens intermediários registraram queda de 1,03% no mês passado, após caírem 1,68% em janeiro. Já os preços das matérias-primas brutas caíram 0,55% em fevereiro, ante alta de 1,03% em janeiro.

Até fevereiro, o Índice de Preços por Atacado - Disponibilidade Interna (IPA-DI) acumula queda de 0,64% no ano e aumento de 7,39% em 12 meses, segundo a FGV. O IPA-DI representa 60% do total do IGP-DI, anunciado hoje pela fundação. No acumulado do ano, os preços dos produtos agrícolas no atacado subiram 1,70% e, em 12 meses, 1,94% até fevereiro. Já os preços dos produtos industriais têm queda acumulada de 1,45% no ano e aumento de 9,49% em 12 meses até fevereiro.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais subiram 1,13% no ano e avançaram 4,78% em 12 meses até fevereiro. Por sua vez, os preços dos bens intermediários acumulam queda de 2,69% no ano e alta de 9,05% em 12 meses. Já os preços das matérias-primas brutas acumularam taxas positivas de 0,48% no ano e de 8,02% em 12 meses.

Em fevereiro, as altas de preço mais expressivas no atacado foram registradas em açúcar cristal (16,80%), ovos (11,11%) e açúcar refinado (13,87%). Já as mais expressivas quedas de preço, no atacado em fevereiro, foram registradas nos preços de adubos e fertilizantes compostos (-5,25%), bovinos (-1,70%) e suínos (-11,72%).

Deflação

O IGP-DI de fevereiro registrou deflação de 0,13%, ante taxa positiva de 0,01% em janeiro, segundo a FGV. O Índice de Preços por Atacado - Disponibilidade Interna (IPA-DI) teve deflação de 0,31% em fevereiro, após apresentar queda de 0,33% em janeiro. Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor - Disponibilidade Interna (IPC-DI) teve taxa positiva de 0,21% em fevereiro, em comparação com o avanço de 0,83% em janeiro. Já o Índice Nacional de Construção Civil - Disponibilidade Interna (INCC-DI) subiu 0,27% no mês passado, ante alta de 0,33% em janeiro.

A taxa acumulada do IGP-DI é usada como indexadora das dívidas dos Estados com a União. Até fevereiro, o índice acumula queda de 0,11% no ano e aumento de 7,50% em 12 meses. O período de coleta de preços para o IGP-DI anunciado hoje foi do dia 1º a 28 do mês passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.