Tamanho do texto

SÃO PAULO - A previsão para o aumento do conjunto de preços administrados por contrato neste ano foi revista para baixo, conforme a ata do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada nesta quinta-feira. Agora, a estimativa é de uma elevação de 3,6%, contra um acréscimo de 4% considerado na reunião de março.

SÃO PAULO - A previsão para o aumento do conjunto de preços administrados por contrato neste ano foi revista para baixo, conforme a ata do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada nesta quinta-feira. Agora, a estimativa é de uma elevação de 3,6%, contra um acréscimo de 4% considerado na reunião de março. Esse conjunto de preços correspondeu a 29,60% do total do IPCA de março. Para 2011, os itens administrados, como as tarifas de serviços, devem ser reajustadas em 4,4%, o mesmo percentual contemplado no documento anterior. Para a estimativa, foram considerados componentes sazonais, variações cambiais e inflação medida pelo Índice Geral de Preços (IGP). (Juliana Cardoso | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.