SÃO PAULO - A gigante do setor de petróleo BP verificou lucro de US$ 9,465 bilhões no segundo trimestre deste ano, ultrapassando os US$ 7,376 bilhões somados em mesmo período do ano passado. Excluindo a variação nos preços dos estoques, o lucro da companhia foi de US$ 6,853 bilhões, melhor do que os US$ 6,488 bilhões de abril a junho de 2007. Os avanços registrados podem ser creditados em grande parte aos preços mais altos do petróleo.

O bom desempenho da BP acabou sendo obscurecido pela disputa em curso com acionistas russos pelo controle da joint-venture TNK-BP. O executivo-chefe da companhia americana Robert Dudley deixou a Rússia na semana passada quando seu visto de trabalho não foi renovado.

A empresa manifestou que continua trabalhando para resolver esse problema, mas não pode prever o desfecho. A joint-venture responde por um quarto da produção mundial de petróleo da BP e contribui significativamente para o lucro do grupo.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.