Tamanho do texto

Nova York, 27 jul (EFE).- O preço da moradia unifamiliar nas 20 maiores áreas metropolitanas dos Estados Unidos subiu 1,3% em maio com relação ao mês anterior e aumentou 4,6% em um período de um ano, pelos cálculos divulgados hoje pela Standard & Poor's.

Nova York, 27 jul (EFE).- O preço da moradia unifamiliar nas 20 maiores áreas metropolitanas dos Estados Unidos subiu 1,3% em maio com relação ao mês anterior e aumentou 4,6% em um período de um ano, pelos cálculos divulgados hoje pela Standard & Poor's. Conforme a agência, os índices Case-Shiller, relativos ao preço dos imóveis para dez e nas 20 maiores cidades americanas, mostraram sinais de melhoria em maio, embora isso não permita deduzir um caminho sólido da recuperação. O preço da moradia, nas dez maiores áreas metropolitanas, subiu 1,2% em maio com relação ao mês anterior e elevou 5,4% em um período de um ano. Para o presidente do Comitê de Índices de Standard & Poor's, David Blitzer, o relatório de maio é de alguma forma positivo, "um olhar mais amplo aos níveis de preços no ano passado não indica ainda que o mercado da moradia esteja em um modo de recuperação sustentada". Acrescentou que os preços relativos aos imóveis unifamiliares nas 10 e nas 20 maiores áreas metropolitanas dos EUA subiram em um período de um ano, mas nos últimos sete meses as variações foram poucas. Os últimos cálculos relativos a maio refletem que os preços médios dos imóveis estão nos níveis em que se movimentavam no outono de 2003, conforme Standard & Poor's. Mineápolis (2,8%), Atlanta (2%), Los Angeles (1,7%), San Francisco (1,7%) e Boston (1,6%) registraram os maiores aumentos de preços em maio na comparação com abril. La Vegas registrou o único descenso (-0,5%). EFE vm/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.