Tamanho do texto

SÃO PAULO - O aumento nos preços dos combustíveis e da consciência ambiental deverá impulsionar as vendas de processadores eletrônicos para veículos automotores. Responsáveis por controlar e aumentar a eficiência no uso de combustíveis, o faturamento com esses chips deve chegar a US$ 6,3 bilhões em 2012, afirma a consultoria Gartner. Neste ano, as vendas desses chips devem movimentar US$ 5,3 bilhões.

Esses processadores também são utilizados em veículos híbridos, analisando a mistura de combustíveis no tanque e controlando o mecanismo de combustão do carro para tirar o melhor proveito da combinação. Eles também equipam os computadores de bordo dos veículos, que analisam a performance dos carros, fornecendo informações importantes ao motorista.

Esses chips têm papel importante para acelerar as inovações eletrônicas no setor automotivo, tornando os veículos mais leves e eficientes, assim como os motoristas mais informados, afirmou a diretora de Pesquisa do Gartner, Amy Leong. A crescente complexidade dos eletrônicos automotivos tem amplificado a necessidade por chips de alta performance, com maior capacidade de memória, acrescentou.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.