Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os contratos futuros de petróleo eram negociados com alta nesta tarde depois de o governo americano divulgar o relatório sobre os estoques de energia do país.

No documento, consta que as reservas de cru caíram em 100 mil barris na semana passada. A expectativa era de uma redução mais marcada, de 1,5 milhão de barris.

Os estoques de gasolina diminuíram em 3,5 milhões de barris no mesmo período, mas as previsões eram de recomposição, de ao redor de 400 mil barris. Os níveis de destilados subiram em 2,4 milhões de barris, pouco acima das projeções.

Minutos atrás em Nova York, o WTI para setembro subia US$ 0,36, a US$ 122,55. O vencimento de outubro, no entanto, perdia US$ 1,04, a US$ 121,70.

Em Londres, o Brent para setembro ganhava US$ 0,35, cotado a US$ 123,06. O contrato do mês seguinte estava a US$ 124,15, elevação de US$ 0,36.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)