Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preço do petróleo sobe mais de US$ 2; estoques dos EUA atraem atenções

SÃO PAULO - Influenciam nos negócios com o petróleo a paridade do dólar frente a outras moedas e o estado das reservas de produtos energéticos dos Estados Unidos. Os investidores acompanham ainda a situação no setor financeiro e avaliam o impacto na economia como um todo.

Valor Online |

Pela manhã, o governo americano mostrou que as reservas de cru caíram em 6,3 milhões de barris na semana finda em 12 de setembro. A queda foi mais marcada do que o previsto por alguns analistas.

Consta ainda do relatório do Departamento de Energia dos Estados Unidos que os estoques de gasolina diminuíram em 3,3 milhões de barris e os níveis de destilados declinaram em 900 mil barris. As refinarias utilizaram 77,4% da capacidade na semana passada, pouco menos do que o calculado.

Em Nova York, o WTI para outubro era negociado a US$ 94,18, aumento de US$ 3,03. O vencimento de novembro subia US$ 2,89, cotado a US$ 93,91.

Em Londres, o Brent para novembro estava a US$ 91,83, com elevação de US$ 2,61. O contrato de dezembro era transacionado a US$ 93,03, alta de US$ 2,46.

"(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)"

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG